07 novembro, 2018

Ney Matogrosso - Calúnias (Telma, Eu Não Sou Gay)



Terapeuta que defendia cura gay é flagrado em aplicativo de encontros gays 


Norman Goldwasser, um judeu ortodoxo norte americano que comparava ser gay à doença e prometia reverter a homossexualidade de seus pacientes com sua própria terapia, teve seu perfil no Manhunt – um aplicativo de encontros gays – exposto na Internet.
Com o nome de usuário HotnHairy72 (QuenteEPeludo72) e posando em fotos sem roupa, ele trocou ideia e chegou a topar um encontro no aplicativo com um usuário que na realidade era Wayne Besen, um dos responsáveis pelo site gay Truth Wins Out, o portal gay que o descobriu na plataforma e decidiu expor seu perfil.
Wayne contou ao site Cocktails and Cocktalk sobre o porquê decidiu fazer isso, expondo o pseudo-terapeuta:
“A vida dupla de Norman Goldwasser mostra toda hipocrisia e natureza dessa indústria de ‘cura gay’. Fiz isso para expor o ridículo e pedir a todos os Estados do país que proíbam a cura gay, este tipo de terapia que só prejudica pessoas LGBTs jovens e coloca suas vidas em risco”.
A cura gay já é proibida em vários estados dos Estados Unidos, como California, New Jersey, Oregon, Nevada, Washington, dentre outros. Clique aqui para ver a lista completa e atualizada.
Norman Goldwasser era parte de uma organização norte americana chamada JONAH (Judeus Oferecendo Novas Alternativas para Homossexuais), que prometia tratamentos de cura gay.
O dono do portal que expôs Norman ainda afirmou sobre o acontecido: “Ele é um caso típico de charlatão que ilude clientes e afeta a saúde mental dos mesmos fazendo acreditar que orientação sexual seja algo que possa ser revertido”.
Tá certo que não é legal expor ninguém, mas por um bem maior e afim de se escancarar a hipocrisia e salvar vidas que possam ser prejudicadas por conta deste tipo de terapia? EXPÕE MESMO, WAYNE! Tá certíssimo!


Diz que vai dar, meu bem
Seu coração pra mim
Eu deixei aquela vida de lado
E não sou mais um transviado

Telma, eu não sou gay
O que falam de mim são calúnias, meu bem
Eu parei . . . . .

Não me maltrate assim, não posso mais sofrer
Vamos ser um casal moderno
Você de bobs e eu de terno 
Telma, eu não sou gay
O que falam de mim são calúnias, meu bem
Eu parei . . 
Eu sou introvertido até no futebol
Isso tudo não faz sentido
E não é meu esse baby doll 
Telma, eu não sou gay
O que falam de mim são calúnias, meu bem
Eu parei . . 
Telma, ô Telminha, não faz assim comigo Não me puna por essas manchas no meu passado Já passou, esses rapazes são apenas meus amigos Agora eu sou somente seu, meu amor

Cidad3: Arte - Cultura - Humor!!!  Imprensa Livre!!! 

Terapeuta que defendia cura gay é flagrado em aplicativo de encontro

Saúde, Sorte e $uce$$o: Sempre!
http://br.groups.yahoo.com/group/Cidad3_ImprensaLivre/
  http://sulinhacidad3.blogspot.com/ 
 https://twitter.com/SulinhaSVO

AME Osasco - Magnetismo e Medicina







Cidad3: Arte - Cultura - Humor!!!  Imprensa Livre!!!  
 
Arte, Cultura e Humor!

Gotas de Paz.


Saúde, Sorte e $uce$$o: Sempre!


CD Sambas de Enredo 2019 - Grupo Especial - RJ


Faixas:

01 BEIJA-FLOR DE NILÓPOLIS (00:00)
Quem não viu vai ver... As fábulas do Beija-Flor
02 PARAÍSO DO TUIUTI (06:02)
O salvador da pátria
03 ACADÊMICOS DO SALGUEIRO (13:32)
Xangô
04 PORTELA (19:50)
Na Madureira moderníssima, hei sempre de ouvir cantar uma Sabiá
05 ESTAÇÃO PRIMEIRA DE MANGUEIRA (28:30)
História pra ninar gente grande
06 MOCIDADE INDEPENDENTE DE PADRE MIGUEL (34:30)
Eu sou o Tempo. Tempo é Vida
07 UNIDOS DA TIJUCA (39:44)
Cada macaco no seu galho. Ó, meu Pai, me dê o pão que eu não morro de fome!
08 IMPERATRIZ LEOPOLDINENSE(45:38)
Me dá um dinheiro aí
09 UNIDOS DE VILA ISABEL (52:21)
Em nome do Pai, do Filho e dos Santos, a Vila canta a Cidade de Pedro
10 UNIÃO DA ILHA DO GOVERNADOR (57:54)
A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do céu
11 SÃO CLEMENTE (01:03:27)
E o samba sambou
12 GRANDE RIO (01:07:56)
Quem nunca? Que atire a primeira pedra!
13 IMPÉRIO SERRANO (01:15:05)
O que é, o que é?
14 UNIDOS DO VIRADOURO (01:22:38

Viraviradouro



Claridade e Natal


Claridade e Conjunto Nosso Samba





Nossas Estrelas do Céu.... Portela 2019

 



CD Sambas de Enredo 2019 - Grupo Especial - RJ 


Cidad3: Arte - Cultura - Humor!!!  Imprensa Livre!!!  

"Eu vejo o futuro repetir o passado...." - O Tempo Não Para - Cazuza



Disparo contra o sol
Sou forte, sou por acaso
Minha metralhadora cheia de mágoas
Eu sou um cara
Cansado de correr
Na direção contrária
Sem pódio de chegada ou beijo de namorada
Eu sou mais um cara
Mas se você achar
Que eu tô derrotado
Saiba que ainda estão rolando os dados
Porque o tempo, o tempo não para
Dias sim, dias não
Eu vou sobrevivendo sem um arranhão
Da caridade de quem me detesta
A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas ideias não correspondem aos fatos
O tempo não para
Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não para
Não para não, não para
Eu não tenho data pra comemorar
Às vezes os meus dias são de par em par
Procurando agulha num palheiro
Nas noites de frio é melhor nem nascer
Nas de calor, se escolhe, é matar ou morrer
E assim nos tornamos brasileiros
Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro
Transformam um país inteiro num puteiro
Pois assim se ganha mais dinheiro
A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas ideias não correspondem aos fatos
O tempo não para
Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não para
Não para não, não para
Dias sim, dias não
Eu vou sobrevivendo sem um arranhão
Da caridade de quem me detesta
A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas ideias não correspondem aos fatos
Não, o tempo não para
Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não para
Não para não, não, não, não, não para
Compositores: Agenor Neto / Agenor De Miranda Araujo Neto / Arnaldo Brandao / Arnaldo Pires Brandao
Letra de O tempo não para © Warner/Chappell Music, Inc




"Eu vejo o futuro repetir o passado...." Genial Cazuza...




Charge do jornal O Globo de 28 de novembro de 1945. Foto: Acervo O Globo.










Cidad3: Arte - Cultura - Humor!!!  Imprensa Livre!!!  



05 novembro, 2018

Princesa da Malásia comemora seu aniversário limpando a praia - Zeca Pagodinho - Ser Humano

A princesa Tunku Puteri Intain Safinaz, de Quedá na Malásia, comemorou de forma diferente seus 52 anos: limpando uma das praias de lá.
Com esta ação, ela espera inspirar as pessoas e conscientizá-las sobre a poluição do mundo!
   Essa história serve de inspiração para nos preocuparmos mais com o meio ambiente e fazermos cada um a nossa parte



Quero ver sempre no teu rosto essa felicidade 
O teu sorriso iluminado que me faz tão bem
 O teu astral pra cima já é marca registrada
 Esse teu jeito que não guarda mágoa de ninguém
 Essa vontade de quem vai vencer na vida 
Eu tô com Deus e sei que Deus está contigo 
Teu coração não cabe dentro do teu peito 
Que está lotado transbordando de amigos 
Você tem sempre uma palavra de consolo
 Fica sem jeito se deixar alguém na mão
 Tá sempre junto e misturado com seu povo
 Fecha com quem está sem lenço e documento
Na correria você sempre encontra tempo
 De demonstrar o que é ser gente de verdade 
Sempre buscando o bem da humanidade 
É ser humano, é ser humano, é ser humano, ser humano eh
 É ser humano, que sabe chegar pra somar
 É ser humano, não deixa a canoa virar
 É ser humano, na hora que o tempo fechar, ser humano eh 
É ser humano, que tá pro que der e vier
 É ser humano, é tema da minha canção
 É ser humano, eu tenho esperança e fé no ser humano