quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Wando - Coisa Cristalina



Por mais que pareça Ser uma Música romântica, “Coisa Cristalina”, não era para nenhuma mulher e sim, para um Amigo viciado em cocaína.
Perguntou ao Amigo, porque ele não deixava isso, e, esse, respondeu que tentava, mas era como uma “luz”, uma “coisa cristalina”, que lhe atraia. Isso acabava com seu querido Amigo, não só pelo seu efeito, mas também pela vontade frustrada de parar.


E, a Arte como grande “arma” para muitos problemas, proporcionou que Wando escrevesse uma Linda Música, “enganando” muitos: não era para um grande Amor e sim, para uma grande droga.


Coisa Cristalina

Wando

Lá vou eu de novo, coração nos olhos num final de tarde, me sentindo assim

Cheio de vontade, de te ver de novo
Coisa cristalina meu raio de luz meu amanhecer
Coisa, coisa cristalina, mata meu desejo mata minha sede, deixa eu te querer
Queria ser um beija-flor repousar no seio desse teu amor e ficar
E da prisão desta ternura nunca mais sair
coisa cristalina vem brilhar em mim



http://letras.terra.com.br/wando/49319/



Idem aconteceu com a Música “Gostava Tanto de você” que Tim Maia “Encantou”.
Foi feita para um Grande Amor perdido, mas, não uma mulher ou um homem e sim para o filho de Edson Trindade, que tinha partido.


Novamente, a Arte Superando tudo e nos presenteando com Belíssimas Canções.

Gostava Tanto de Você

Tim Maia

Não sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus não pude dar...

Você marcou na minha vida
Viveu, morreu
Na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão
Que em minha porta bate...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...

Eu corro, fujo desta sombra
Em sonho vejo este passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato
Não quero ver prá não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista
O pensamento em você...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...

Não sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus não pude dar...

Você marcou em minha vida
Viveu, morreu
Na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão
Que em minha porta bate...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...

Eu corro, fujo desta sombra
Em sonho vejo este passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato
Não quero ver prá não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista
O pensamento em você...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...

http://letras.terra.com.br/tim-maia/48925/







Sulinha

Sabedoria, Saúde e Sucesso: Sempre para todos Nós.

http://br.groups.yahoo.com/group/Cidad3_ImprensaLivre/

http://www.facebook.com/#!/sulinhasvo

@SulinhaSVO




Fotografia Sempre Fiel de seu tempo

http://br.groups.yahoo.com/group/Cidad3_ImprensaLivre/message/12630